sexta-feira, 25 de maio de 2018

Saberes populares, universo brincante e uma noite de emoção na UETI

           A manhã desta sexta feira começou com uma bela palestra com oficina sobre Financiamento do Folclore e das Culturas Populares, com o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Marco Aurélio Alves e o Secretário Adjunto de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS, André José Kryszczun.
           André mostrou números do sistema Pró-Cultura (LIC e FAC) e um novo edital que está pronto para sair direcionado ao folclore (anotações abaixo).
           Depois do almoço o presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, Octávio Capuano, palestrou sobre concentos básicos de tradição e folclore, na "Casa Leto".
            A professora Paula Simon Ribeiro, vice presidente do Conselho Estadual de Cultura e presidente da Fundação Santos Hermann, palestrou sobre Diversidade Cultural - Com base na Convenção da Diversidade (substituindo Ivo Benfatto, que ausentou-se por problemas de saúde).
            Alessandra Carvalho da Motta, na "Casa Austríaca", fez uma oficina de brinquedos e brincadeiras folclóricas, com a mediação da professora Renata Pletz.
            Na casa Querencia Gaúcha, Rogério Bastos, ao lado de Pedro Darci e Renata Pletz, com a mediação do Conselheiro Paulo, debateram sobre o Tradicionalismo Gaúcho organizado, sob uma perspectiva contemporânea,
            As 20h no Palco das Etnias, a UETI ofereceu um espetáculo com várias apresentações de danças étnicas. Depois, a Etnia italiana ofereceu momentos de grande emoção ao organizar um "Filó" para receber os Conselheiros e a Comissão Gaúcha de Folclore. Música, dança e gastronomia italiana.
            E a noite terminou com uma grande festa na Casa Sueca, em uma linda representação de comemoração do solstício de inverno, com atrações culturais promovidas pelas etnias Leta e Sueca.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Começou o 1º Fórum Estadual de Folclore e Culturas Populares, em Ijuí

             Noite fria, mas ambiente quente na sede do CTG Clube Farroupilha da cidade de Ijuí, que recebeu conselheiros do estado, membros da Comissão Gaúcha de Folclore e do Movimento Tradicionalista Gaúcho para a abertura do 1º Fórum Estadual de Folclore e Culturas Populares que acontece entre os dias 24 e 26 de maio na UETI - União das Etnias de Ijuí.
              Estiveram presentes na abertura do Fórum o Prefeito de Ijuí, Valdir Heck, o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Marco Aurelio Alves, Secretário Adjunto da Cultura, Esporte, Turismo e  Lazer do RS, André Kryszczun, presidente da UETI, Nelson Casarin,  Secretário da Cultura, Esporte, Turismo e  Lazer de Ijuí, Sérgio CorreaElenir Winck, Vice-presdiente de Administração e Finanças do MTG, Catia Nering, Reitora da Unijuí, Claudio Souza, Coordenador Regional de Educação, Octávio Capuano, presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, Paula Simon Ribeiro, Vice-presidente do CEC, Altermir Thomé, patrão do CTG Clube Farroupilha e Leoveral Gouzer, Diretor de Cultura do Estado.
              O Fórum Estadual de Folclore e Culturas Populares está inserido nas comemorações dos 50 anos do CEC e dos 70 anos da Comissão Gaúcha de Folclore. Pensar folclore e as culturas populares objetivando sua preservação e estímulo ao aprofundamento constante da pesquisa é op objetivo central da realização deste Fórum, oferecendo oportunidade única aos professores, estudantes, pesquisadores e folcloristas para a multiplicação dos saberes e ampliação dos canais de divulgação a cerca do tema.
             A Comissão Gaúcha de Folclore ofetou ao CTG Clube Farroupilha, pelos seus 75 anos, a Medalha do Mérito Cultural Lilian Argentina, o que emocionou muitas pessoas presentes ao evento.
              Chico Roloff e Mara Muniz foram agraciados pelo ato de posse como representantes da Comissão Gaúcha de Folclore em suas cidades. A professora Dra. Maria Eunice Maciel falou em sua palestra de abertura sobre: "A Importância da Cultura na Construção da Identidade".
              As 19h, teve a abertura da Exposição “Paixão Pelo Rio Grande” – sobre a vida e obra de João Carlos D’Ávila Paixão Côrtes, no Museu Farroupilha Ijuí.
Programação desta sexta 25/05/2018 - Parque de Exposições de Ijuí

09h – Oficina para o “Financiamento do Folclore e das Pesquisas” – Marco
Aurélio Alves, Presidente do CEC e Rafael Balle – Diretor de Fomento SEDACTEL.
Local: Casa Portuguesa.
12h – Almoço.
14h – Palestra “Conceitos Básicos: Folclore/Tradição” – Octavio Capuano -
Presidente da Comissão Gaúcha de Folclore.
Local: Casa Alemã.
15h30min – Palestra “Diversidade Cultural – com base na Convenção da Diversidade” -  Paula Simon e Renata Pletz.
Local: Casa Alemã.
16h – Palestra / Oficina “Brinquedos e Brincadeiras Folclóricas” –
20h – Espetáculo Cultural da União das Etnias de Ijuí
Local: Palco das Etnias.
21h – Jantar Típico na Casa Italiana (Filó Italiano)
22h – Encontro Cultural na Casa Sueca – Comemoração do Solstício de Inverno, com atrações culturais.

A Comissão Gaúcha de Folclore celebra os 31 anos da CBTG

            A presidência da Comissão Gaúcha de Folclore, no uso de suas atribuições vem a público prestar a homenagem a CBTG,  entidade maior do movimento tradicionalista gaúcho no território brasileiro, fundada em 24 de maio de 1987, por tanto comemorando seus 31 anos, valorizando, organizando, defendendo, promovendo e representando as tradições e a cultura gaúcha. 

         Parabéns Presidente João Ermelino de Mello  e sua diretoria.

terça-feira, 22 de maio de 2018

CGF lança Medalha comemorativa pela passagem dos seus 70 anos



            A Comissão Gaúcha de Folclore, criada dia 23 de abril de 1948, pelo Professor Dante de Laytano, está comemorando 70 anos de historia. E dentro das atividades comemorativas está lançando uma Medalha, em edição limitada. Entre em contato com a CGF e faça sua encomenda. Não fique de fora! O tamanho desta Medalha é de 8 cm. O valor será de R$ 30,00.

comissaogauchadefolclore@gmail.com ou pelo facebook

quarta-feira, 16 de maio de 2018

1º FÓRUM ESTADUAL DE FOLCLORE E CULTURAS POPULARES

24, 25 e 26 de Maio de 2018
Ijuí - RS
Temática: Tradição e Folclore

Promoção:
Conselho de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul – CEC

Realização:
Município de Ijuí – Poder Executivo e União das Etnias de Ijuí - UETI

Apoio:
Ministério da Cultura – MINC RRS
Secretaria de Estado da Cultura, Esporte, Turismo e Lazer - SEDACTEL
Comissão Gaúcha do Folclore / Fundação Santos Hermann
Movimento Tradicionalista Gaúcho – MTG
36ª Coordenadoria Regional de Educação – CRE
Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS – UNIJUÍ
Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo de Ijuí – SMCET
Câmara Municipal de Vereadores de Ijuí 

PROGRAMA
24/05/2018 - Quinta-Feira CTG Clube Farroupilha


Prof. Dra. Maria Eunice Maciel
19h – Exposição “Paixão Pelo Rio Grande” – exposição da vida e obra de João Carlos D’Ávila Paixão Côrtes, no Museu Farroupilha Ijuí.
20h – Abertura Oficial do 1º FÓRUM ESTADUAL DE FOLCLORE E CULTURAS POPULARES
20h20min – Conferência com Dra. Maria Eunice Maciel – A importância da cultura na construção da identidade.
21h10min – Homenagem ao CTG Clube Farroupilha pelos seus 75 anos de história.
21h30min – Jantar típico gaúcho.

25/05/2018 - Sexta-Feira - Parque de Exposições de Ijuí

09h – Oficina para o “Financiamento do Folclore e das Pesquisas” – Marco
Aurélio Alves, Presidente do CEC e Rafael Balle – Diretor de Fomento SEDACTEL.
Local: Casa Portuguesa.
12h – Almoço.
14h – Palestra “Conceitos Básicos: Folclore/Tradição” – Octavio Capuano -
Presidente da Comissão Gaúcha de Folclore.
Local: Casa Alemã.
15h30min – Palestra “Diversidade Cultural – com base na Convenção da Diversidade” - Ivo Benfatto com a participação de Paula Simon e Renata Pletz.
Local: Casa Alemã.
16h – Palestra / Oficina “Brinquedos e Brincadeiras Folclóricas” – 
20h – Espetáculo Cultural da União das Etnias de Ijuí
Local: Palco das Etnias.
21h – Jantar Típico na Casa Italiana (Filó Italiano)
22h – Encontro Cultural na Casa Sueca – Comemoração do Solstício de Inverno, com atrações culturais.

26/05/2018 – Sábado - Parque de Exposições de Ijuí
09h – Passeio Cultural – Visita na Obra da Sede Cultural da União das Etnias e na Estação Ijuhy.
12h – Almoço.
14h – Palestra “Influências étnicas na formação do Povo Riograndense” – Prof. Rogério Bastos – Diretor de Comunicação da CGF.
Local: Casa Italiana
15h – Palestra 
16h - Local: Casa Afro.
Oficinas: Percussão e Hip-hop
17h – Oficina de Artesanato Étnico “Polônia, Suécia e Letônia na leveza das mãos” - Instrutoras Marli Siekierski, Marina Beckmann e Mariana Sala.
Local: Casa Suecos.
17h – Plenária/Encontro da Dança “Dança Folclórica na Terra das Culturas Diversificadas” – Clovis Rocha, com a participação de Marlise Nedel Machado, Pedro Darci de Oliveira e Coreógrafos da União das Etnias de Ijuí.
Local: Casa Leta. 
18h – Encerramento das Atividades Oficiais do 1º FÓRUM ESTADUAL DE FOLCLORE E CULTURAS POPULARES, na Praça das Nações, com manifestação das autoridades e das entidades apoiadoras.
20h – Jantar Típico Polonês (2º Jantar do Pierog) ingressos antecipados por adesão.

Projeto institui novo regramento ao Acampamento Farroupilha

Fonte: Site da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

            Está em tramitação, na Câmara Municipal de Porto Alegre, Projeto de Lei, de autoria do vereador André Carús (PMDB), que institui novo regramento ao Acampamento Farroupilha, inserido nas atividades da Semana Farroupilha de Porto Alegre, no âmbito da sua realização e administração. A proposta promove uma série de alterações na Lei nº 7.855, de 25 de setembro de 1996 – que oficializa, no âmbito do Município, a Semana Farroupilha –. modificando o rol de entidades vinculadas ao evento e a atual sistemática de governança vinculadas ao poder público.


            O Projeto, de acordo com Carús, também tem o intuito de ampliar a participação do Executivo Municipal no rol de serviços essenciais para a realização da Semana Farroupilha, hoje limitada pela Lei Municipal. "As alterações encaminhadas no presente Projeto são necessárias por conta de uma suposta ineficiência generalizada, pois há falta de participação de outras entidades para gerir o processo de planejamento e execução das atividades relacionadas à Semana Farroupilha, que acontece no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho", explica o vereador.

             Ele acrescenta que a proposta de alteração das entidades tradicionalistas deve-se em razão da necessidade de haver transversalidade nos processos e maior transparência nas ações, "para que se possa estabelecer diretrizes para a organização, a administração e a fiscalização, em comum acordo, por parte dessas entidades e para que possa existir maior eficiência e efetividade nas iniciativas para a realização do evento".

          Essa alteração, diz o vereador, terá a inclusão de entidades escolhidas de forma paritária entre representantes que possuem notório conhecimento da cultura tradicionalista e permitirá o poder decisório paritário, em nome de uma alegada necessidade técnica e administrativa. "Ainda devido à crise financeira que o Município enfrenta atualmente, este projeto prevê a maior participação de entidades não governamentais e sem fins lucrativos, diminuindo a necessidade de investimento de recursos públicos pela prefeitura municipal, e regulamenta a atuação das entidades envolvidas.

            O projeto propõe as seguintes alterações:

Coordenação

              Os eventos artísticos e culturais promovidos anualmente durante a Semana Farroupilha, no âmbito do Município, serão coordenados pela Comissão Especial Permanente de Gestão (CEPG) e terão o apoio operacional do Executivo Municipal, por meio dos órgãos de serviços, "com o objetivo de satisfazer concretamente as necessidades essenciais à realização do evento". Havendo financiamento do Município, as atividades serão coordenadas pela Secretaria Municipal da Cultura (SMC), em conjunto com a CEPG.

             Pela legislação atual, a coordenação é da SMC, podendo ter o apoio direto do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore e do Movimento Tradicionalista Gaúcho, bem como de entidades afins, para a organização do calendário de atividades.

Entidades

             A programação a ser desenvolvida na Semana Farroupilha e a definição do calendário de atividades no período de 7 a 20 de setembro ficará a cargo da CEPG, integrada por representantes das seguintes entidades: Secretaria Municipal da Cultura; Coordenadoria da 1ª Região Tradicionalista do MTG; da Associação dos Piquetes do Parque da Estância da Harmonia e do Estado do Rio Grande do Sul; Associação dos Acampados da Estância da Harmonia (Acamparh); Instituto Cavaleiros Farroupilha; e Comissão Gaúcha de Folclore (CGF).

              Atualmente, a lei prevê que esta programação fica a cargo de uma Comissão Especial a ser designada por ato do prefeito municipal e integrada por representantes. Pelo projeto proposto, as seguintes entidades, que hoje integram a comissão especial, ficam excluídas da nova CEPG: Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (IGTF); Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG); da Empresa Porto Alegrense de Turismo SA; Câmara Municipal de Porto Alegre; Brigada Militar; Ordem dos Advogados do Brasil; Polícia Civil; Empresa Pública de Transporte e Circulação; Associação do Ministério Público do RS; Conselho Regional de Contabilidade; e Sindicato dos Compositores Musicais do RS. A proposta também exclui o item que prevê a designação de um servidor municipal, em regime de tempo integral, para exercer as funções de Secretário Executivo da Comissão no período entre 15 de julho e 30 de setembro.

Comissão Especial de Gestão

              O projeto estabelece que a Comissão Especial Permanente de Gestão (CEPG) será composta por três representantes de cada entidade, um titular e dois suplentes. Competirá à CEPG desenvolver os trabalhos de coordenação e articulação entre os vários órgãos públicos e as entidades não governamentais envolvidos direta ou indiretamente com o evento, de forma que o processo decisório seja definido em comum acordo pelos representantes legais de cada entidade que compõe o colegiado.

              As entidades deverão comprovar estar exercendo atividades relacionadas à tradição gaúcha pelo período mínimo de cinco anos e apresentar prestação de contas dos últimos 12 meses, podendo retirar-se da CEPG até o momento do ato de assinatura do Termo de Compromisso do Acampamento Farroupilha de cada gestão, situação em que os interessados em concorrer à nova vaga deverão encaminhar os documentos à CEPG para análise e decisão da próxima gestão.

              "O Município de Porto Alegre, por meio da SMC, deverá, independentemente do aporte de recursos públicos ao evento, participar com a CEPG na definição do cronograma de atividades culturais e artísticas, ficando responsável em receber a inscrição dos candidatos a acampados, de forma pública e em local e data previamente anunciados. Ficará a cargo da CEPG instituir o regramento interno e coordenar as atividades do Acampamento Farroupilha no âmbito da sua realização e administração", diz o texto do projeto.

Recursos 

              A proposta também define que a CEPG poderá receber do Executivo Municipal recursos específicos para a cobertura das despesas relativas ao custeio de alguns eventos a serem desenvolvidos durante a Semana Farroupilha. Além dos recursos orçamentários, a CEPG poderá dispor também de doações ou outras formas de apoio financeiro de empresas e entidades não governamentais. Além dos recursos orçamentários, a Comissão poderá dispor, também, de doações ou outras formas de apoio financeiro de empresas e entidades não governamentais.

              Pela legislação em vigência, o orçamento municipal deve destinar, à conta da Secretaria Municipal da Cultura, recursos específicos para a cobertura das despesas relativas ao custeio de alguns eventos a serem desenvolvidos durante a Semana Farroupilha.

Doações

              Dos recursos arrecadados por meio de doações ou por outras formas de apoio financeiro por meio de empresas ou de entidades não governamentais relacionados ao Acampamento Farroupilha, a CEPG deverá prestar contas à sociedade, por meio do Diário Oficial Eletrônico de Porto Alegre (Dopa-e) e do Portal Transparência Porto Alegre, ou de jornais de grande circulação do Município, discriminando sua origem e seu destino, até 90 dias após a realização do evento.

             A redação atual da lei prevê que, dos recursos arrecadados por meio de doações ou outras formas de apoio financeiro de empresas ou de entidades não governamentais relacionados ao Acampamento Farroupilha, a Comissão Especial e o Comitê Gestor deverão prestar contas à sociedade, por meio do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa-e) do Portal Transparência Porto Alegre, discriminando sua origem e seu destino, até 30 (trinta) dias após a realização desse Evento.

Eventos 

              Todos os eventos sobre a data farroupilha, especialmente o Desfile Cívico do dia 20 de setembro e o Acampamento Nativista na Estância da Harmonia (Parque Maurício Sirotsky Sobrinho), deverão ser coordenados ou apoiados pela CEPG.

             Atualmente, a lei prevê que esta coordenação e/ou apoio fique a cargo da Comissão Especial, diretamente ou através de sua Secretaria Executiva.

Texto: Carlos Scomazzon (Mtb. 7400)
Edição: Marco Aurélio Marocco (Mtb. 6062)
Foto: Ederson Nunes/CMPA

sábado, 12 de maio de 2018

Vem aí a Medalha Comemorativa aos 70 anos da Comissão Gaúcha de Folclore

Fique ligado! A edição é limitada
            A Comissão Gaúcha de Folclore, nas comemorações de seu 70º aniversário estará lançando uma medalha especial, em uma edição limitada, para que as pessoas possam adquirir esta lembrança.

            No ano em que comemora uma data tão importante a Comissão Gaúcha de Folclore entregou Medalhas do Merito Cultural Lilian Argentina em uma linda homenagem na Camara Municipal de Porto Alegre. Foram agraciados:
Alessandra Carvalho da Motta, 
Ivo Benfatto, 
Cecilia Rheingantz Silveira, 
Marco Aurélio Alves, União das Etnias de Ijui - UETI, Rogério Bastos e Dr.Francisco Pereira Rodrigues. Posteriormente, durante o II Congresso de Cultura, em Bento Gonçalves, receberam a honraria: Omair Trindade e Tarcisio Michelon.

 
Paula Simon, ex-presidente da Comissão Nacional de Folclore
         Em um trabalho intenso, durante os três dias do Congresso Estadual de Cultura, a CGF, com seus membros, esteve trabalhando lado a lado com o Conselho Estadual de Cultura, para o sucesso do evento. Ivo Benfatto, Paula Simon Ribeiro, Erika Hanssen e o próprio presidente do CEC, Marco Aurelio Alves, que também faz parte da CGF, dedicaram seu tempo e conhecimentos para o bom andamento do conclave.


            O próximo evento será entre os dias 24 e 26 de maio, em Ijuí, durante o fórum de culturas populares, na EUTI.